SUSTENTABILIDADE

Sustentabilidade na agricultura digital: Como ela se aplica na Fazenda Conectada?

Dentre todas as atividades realizadas pelo ser humano, a agricultura é aquela que tem como função fazer uma conexão direta entre a gestão econômica, social e o meio ambiente, ou seja, a agricultura precisa estar, cada vez mais, relacionada a sustentabilidade.

Dessa forma, a adoção de práticas sustentáveis no ambiente do campo é, na atualidade, uma discussão que ganha adeptos a cada dia, contando com a presença de inúmeros agricultores e empresas do agro na linha de frente.

Uma dessas empresas é a Case IH, do grupo CNH Industrial, que está investindo no projeto da Fazenda Conectada, que já está em andamento na cidade de Água Boa (MT). O grande objetivo do projeto, que já está em pleno funcionamento, é o de adotar a conectividade à uma fazenda já produtiva e à região, inserindo as mais avançadas soluções tecnológicas em Agricultura Digital, com tudo associado a um ganho em sustentabilidade bastante importante.

Na Fazenda Conectada, os pilares da sustentabilidade, da economia, da sociedade e da produtividade estão totalmente interligados, com um pilar sendo dependente do outro para que o sucesso seja conhecido lá na frente.

 

Sustentabilidade na Fazenda Conectada: Melhoria contínua de processos

A sustentabilidade é um assunto que cada vez mais precisa se fazer presente na agricultura e, com a Fazenda Conectada, isso não seria diferente. Por isso, as ações sustentáveis representam um dos focos principais do projeto, como explica Érika Dominick Michalick, Gerente de sustentabilidade da CNH industrial para América Latina.

Acreditamos que a grande meta da Fazenda Conectada é promover um processo de melhoria contínua com o objetivo de diminuir o impacto no meio ambiente e na sociedade em prol de uma governança”. 

Assim, a gerente de sustentabilidade da CNH industrial explica que o principal desafio da Fazenda Conectada é o de entender os principais desafios da atualidade e via inovação, conectividade e digitalização mostrar que é possível ter uma melhor eficiência e consequentemente gerar menores impactos ao meio ambiente e à sociedade.

Ressalto novamente que a grande meta da Fazenda Conectada é de promover uma melhoria contínua na eficiência financeira, mas com um ingrediente de melhoria também na ordem social e ambiental”.

Na questão social, Érika Michalick ressalta que a chegada da conectividade já exerce grande influência, especificamente para a região de Água Boa. “A instalação de 2 antenas na região (uma na fazenda e outra no centro da cidade de Água Boa), em parceria com a TIM,  está levando ao ecossistema da região a possibilidade de ter tecnologias e mecanismos capazes de gerar benefícios dentro e fora da porteira”.

Neste sentido, Leandro Conde, Gerente de Marketing da Case IH, cita que com a conectividade, os moradores da região agora têm a possibilidade de usar aplicativos de celular, além de realizar cursos técnicos via EAD, que são mais acessíveis e baratos e não exigem deslocamento para outras localidades.

 

sustentabilidade

Conectividade: fundamental para maior sustentabilidade da Fazenda Conectada. Fonte: Case IH

Antes da instalação das antenas e chegada da conectividade, os moradores da região não conseguiam utilizar o Waze, aplicativos de delivery e nem conferir as notícias. Hoje eles conseguem até acessar o blog da Fazenda Conectada!”, comenta Conde.

 

Responsabilidade e oportunidade: Os objetivos da Case IH em Água Boa (MT)

Levar conectividade para uma região onde era praticamente inexistente já é um grande avanço sustentável na concepção da Case IH. Mas paralelo a isso, a Case IH tem como proposta levar um discurso de responsabilidade e oportunidade à região e não apenas conectar a região com o resto do mundo.

Nada adianta levar conectividade sem ensinar as pessoas a potencializar e utilizar tudo que a conectividade tem a oferecer. Assim, o objetivo da Case IH é levar conectividade em várias vertentes, desde a saúde até a educação”, ressalta Érika Michalick. 

Ou seja, via conectividade, a gerente de sustentabilidade da CNH industrial explica que a criança/adolescente de Água Boa pode começar a se espelhar na mesma realidade de grandes cidades e começar a sonhar grande! “Com a conectividade esse jovem pode sonhar em trabalhar na Case IH, pode querer se manter no campo e cuidar da fazenda da família”, diz.

Dessa forma, tanto Érika Michalick quanto Leandro Conde têm a certeza de que o projeto da Fazenda Conectada é uma verdadeira revolução, principalmente para a comunidade da cidade de Água Boa (MT), com um ganho social bastante significativo. 

 

Ações práticas de sustentabilidade na Fazenda Conectada

Por ser ainda um projeto em sua fase inicial, ainda sem coleta e tratamento dos dados, ainda é inviável citar os ganhos em sustentabilidade decorrentes das ações realizadas na Fazenda Conectada.

Em contrapartida, Leandro Conde acredita que o ganho social já está sendo bastante intenso em Água Boa, principalmente pelas razões relacionadas aos benefícios às pessoas que já foram anteriormente comentadas. 

Da mesma forma, Érika Michalick acredita que os ganhos em sustentabilidade serão crescentes ao longo do projeto. “A nossa expectativa é que os ganhos sairão da localidade da fazenda e irão se expandir ao território. Ou seja, quando algum benefício da conectividade foi gerado na fazenda, ele naturalmente irá gerar algum benefício para a população”.

Já na questão ambiental e financeira especificamente para a Fazenda, Leandro Conde acredita que os ganhos serão também muito interessantes durante o uso das soluções da Case IH e de seus parceiros. 

Com o uso de mapeamento da área com drones, por exemplo, a expectativa é que teremos menos gastos no uso de insumos (fertilizantes e defensivos) e com a conectividade teremos toda a operação da fazenda otimizada, diminuindo o uso de combustível nas máquinas”, cita o Gerente de Marketing da Case IH.

 

Tecnologias utilizadas na Fazenda Conectada com objetivos sustentáveis

 Com sua expertise na área tecnológica e uma geração de máquinas agrícolas cada vez mais conectadas, a Case IH apresenta, na Fazenda Conectada, uma gama de tecnologias que tem como objetivo, promover a sustentabilidade. 

Presente desde o início do projeto, Leandro Conde lista algumas destas tecnologias com viés sustentável:

 – Uso de drones, responsáveis por fazer o mapeamento de uma área ou de um talhão, permitindo rapidamente identificar algum problema e fazer uma aplicação de um defensivo ou de um fertilizante de forma direcionada;

 – Pulverizadores que conseguem fazer a pulverização bico a bico, permitindo aplicar produto apenas onde há a necessidade, sem sobreposição. “Com isso, há redução de produtos fitossanitários, contribuindo com o meio ambiente”, comenta Conde.

 – Tecnologias de sensores que ajudam a identificar as condições do solo, para assim poder tomar decisões mais assertivas de aplicação.

sustentabilidade

Pulverizadores agrícolas garantem ganhos significativos em sustentabilidade. Fonte: Case IH

Ações inerentes a todo tipo de lavoura também serão adotadas na Fazenda Conectada, como é o caso das boas práticas agronômicas, planejamento alinhado às questões sustentáveis e manejo integrado de pragas (MIP).

Além disso tudo, Érika Michalick acredita que o termo Governance (relacionado ao ESG) adquire grande importância dentro da questão sustentável. “A tecnologia e a inovação estão em constante evolução, mas a capacidade de usar tudo isso em um processo de gestão é que trará um processo de melhoria contínua para a fazenda”, indica.

Leandro Conde explica que o portal AFS Connect adquire exatamente o propósito da Governance. “O AFS Connect tem a função de realizar a governança e gestão da fazenda como um todo e com isso o ganho social, ambiental e financeiro serão aprimorados”. 

sustentabilidade

AFS Connect: Total governança da Fazenda Conectada. Fonte: Case IH

Dessa forma, as tecnologias presentes na Fazenda Conectada permitem melhor governança da atividade, objetivando produzir mais, sem necessariamente ter que abrir novas áreas para isso.

Assim, a Case IH se propõe a construir um ecossistema baseado na sustentabilidade, testando tecnologias e inovações em diversos âmbitos e analisando como elas vão se comportar no futuro. “Alguém precisa começar, e a Case IH está sendo pioneira e ousada neste sentido”, finaliza Érika.

 

Continue em nosso blog e confira as ações da Fazenda Conectada e como elas priorizam a sustentabilidade em todas elas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *