POR DENTRO DA FAZENDA CONECTADA

Por que a Case IH criou a Fazenda Conectada no Mato Grosso?

Localizada em uma região conhecida como Vale do Araguaia, ao leste de Mato Grosso, a cidade de Água Boa começa a viver uma transformação que vai redefinir os limites da produtividade no campo em todo o Brasil. 

A cidade foi escolhida para receber o projeto da Fazenda Conectada, idealizado pela Case IH. Este é um projeto recém lançado, mas que já é inovador, pois está levando conectividade para toda a região, além das mais avançadas soluções tecnológicas de Agricultura Digital.

Máquinas com tecnologia embarcada, serviços de qualidade, alta conectividade e transformação das pessoas. Esses são os objetivos da Case IH com o projeto da Fazenda Conectada. 

Mas você sabe porque a cidade de Água Boa (MT) foi a escolhida para receber o projeto? 

Fazenda Conectada

Fazenda Conectada, sediada na cidade de Água Boa (MT). Fonte: Case IH

Não foi por acaso, mas para entender essa decisão, conversamos com Gilberto Lima, responsável pelo marketing tático da Case IH. Ele faz uma abordagem completa sobre o porquê dessa decisão, assim como as principais características da Fazenda Conectada.

 

Por que a Case IH escolheu uma fazenda na cidade de Água Boa (MT)?

Não é novidade para ninguém que o Brasil é um gigantesco produtor de alimentos, sendo reconhecido a nível mundial. Boa parte desse reconhecimento vem do estado do Mato Grosso.

Na atualidade, o Mato Grosso é conhecido como o celeiro do país, detendo o título de maior produtor na produção de soja, milho, algodão e de rebanho bovino. Assim, desenvolver as melhores tecnologias de agricultura digital em uma região que já possui alta produtividade torna-se bastante interessante, como explica Gilberto Lima.

A escolha de uma grande propriedade em uma região que já apresenta um alto rendimento de soja – com 160 mil toneladas produzidas e uma produtividade média de mais de 58 sacas de soja – foi um desafio da Case IH”. 

Mas segundo Lima, era esse tipo de desafio que a Case IH queria para conseguir implantar, testar e validar suas tecnologias e soluções. 

Escolher uma fazenda com baixa produtividade e implantar tecnologias digitais para aumentar a produtividade seria muito fácil. Por isso, optamos por uma fazenda com alta produtividade para mostrar que as tecnologias trarão resultados ainda mais expressivos mesmo onde já há um certo nível de profissionalização”, afirma.

Além do mais, a região escolhida apresentava baixa conectividade de internet. Sendo assim, a implementação da Fazenda Conectada visa trazer benefícios para a região de Água Boa como um todo, principalmente devido à instalação de duas antenas em parceria com a TIM

Nós da Case IH estimamos que mais de 16 mil pessoas, 93 propriedades rurais, 21 escolas, mais de 6 mil alunos e cerca de 13 grandes empresas e operações industriais poderão usufruir do sinal 4G”, completa Gilberto Lima.

Para o especialista da Case IH, a chegada da internet à região melhora não só a gestão da fazenda, mas traz benefícios também para a mobilidade urbana, com o uso de GPS, aplicativos de delivery e transporte. 

A internet oferece também ensino à distância para toda a sociedade, proporcionando mais oportunidades de capacitação de profissionais com treinamentos online”, afirma Gilberto Lima.

Sendo assim, o objetivo da Case IH e de seus parceiros é demonstrar um ecossistema completo capaz de mostrar como a conectividade rural aumenta a produtividade no campo, mesmo em uma região que já apresenta alto rendimento safra após safra, como é o caso da região de Água Boa (MT).

Para entender mais sobre esse projeto, vale conhecer as características da Fazenda Conectada no vídeo abaixo.

 

Raio-X da produtividade da fazenda

A Fazenda escolhida é de propriedade da Agropecuária Jerusalém, uma das parceiras do projeto da Case IH na Fazenda Conectada. A fazenda possui 3 mil hectares de área plantada com uma produtividade de 66,69 sacas por hectares em uma produção anual de 136.600 sacas.

Os números da fazenda já são muito bons, mas nosso objetivo é melhorá-los ainda mais nas safras seguintes, mostrando a importância que as tecnologias de conectividade e de agricultura digital têm sob a produtividade”, cita Gilberto Lima.

Já a conectividade estabelecida pela TIM, com duas antenas 4G LTE e em frequência de 700MHz, instaladas dentro da fazenda e no centro de Água Boa, atendem às necessidades do campo e estão de acordo com um projeto de expansão da conectividade em áreas agrícolas liderado pela operadora, chamado 4G TIM no Campo.

Com um padrão de conectividade (4G 700 Mhz), a Case IH e seus parceiros podem testar e utilizar muitas ferramentas de Agricultura Digital, dentre as quais vale ressaltar:

  • Drones para mapeamento da área;
  • Máquinas totalmente conectadas;
  • Sensores de solo que transmitem dados em tempo real;
  • Estação meteorológica conectada;

O vídeo abaixo mostra claramente porque a cidade de Água Boa foi a escolhida e quais são as inovações que serão testadas e validadas na fazenda.

Entendendo o projeto da Fazenda Conectada

O grande objetivo da Fazenda Conectada é abrir caminho para mostrar aos produtores, na prática, o funcionamento dos recursos de conectividade disponíveis no âmbito da agricultura digital, caso das máquinas totalmente conectadas e das soluções para gerir a propriedade à distância.

No caso das máquinas conectadas, a Fazenda Conectada oferece ainda o portal AFS Connect, que centraliza todas as informações da frota, da propriedade e os dados agronômicos em uma única plataforma.

Fazenda Conectada

O agricultor e o concessionário conectados via AFS Connect Portal. Fonte: Case IH

O monitoramento da frota permite a visualização do trabalho das máquinas em tempo real no campo, emitindo alertas e notificações sempre que necessário. Já a Gestão agronômica permite a visualização completa dos dados de campo, que são enviados e recebidos de forma remota. Por fim, o gerenciamento de dados permite a observação de arquivos de mapas e total controle do acesso de dados”, ressalta Gilberto Lima.

O responsável pelo marketing tático da Case IH ressalta que esse projeto terá, no mínimo 3 anos, e funcionará como um campo de testes que trará benefícios para o ambiente real. 

A Fazenda Conectada é um verdadeiro laboratório agronômico para teste e validação de tecnologias e inovações. Será também responsável por gerar conteúdos, principalmente com a parceria com universidades, como é o caso da Unicamp e da UFMT”.

A Fazenda Conectada será um espaço dedicado ao debate de ideias e geração de conteúdo sobre tudo que engloba a operação digital no agro. As tecnologias, soluções e inovações testadas e validadas na fazenda serão compartilhadas com produtores em todo o Brasil.

 

Objetivos esperados com o projeto da Fazenda Conectada

Como já citado, o projeto consiste em aplicar todas as tecnologias que a Case IH tem em seu portfólio de produtos embarcados, soluções de campo e principalmente o desenvolvimento de tecnologias relacionadas à Agricultura Digital.

O projeto visa unir a agricultura real com a agricultura digital, mostrando que isso não é tão complicado, sendo plenamente possível”, salienta Gilberto Lima. 

Baseado nisso, o objetivo da Fazenda Conectada é entender todos os ganhos que a conectividade e o uso de tecnologias aplicadas em tempo real ou não vão auxiliar em:

  • Aumento da lucratividade;
  • Ganhos de produtividade;
  • Otimização de recursos e insumos;
  • Melhoria da performance operacional;
  • Melhor aproveitamento das janelas de trabalho;
  • Análise de retorno de investimentos das tecnologias

Sendo assim, A Fazenda Conectada Case IH, que foi oficialmente lançada em 1º de setembro de 2021, vem para mostrar na prática como o produtor pode extrair todos os benefícios da conectividade, através das máquinas e serviços conectados da marca Case IH e de seus parceiros.

Quer saber mais sobre o projeto da Fazenda Conectada? No site da Fazenda Conectada Case IH você encontra mais informações sobre a frota de máquinas, serviços, localização da propriedade e todas as soluções de conectividade disponíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *