AGRICULTURA DIGITAL, INOVAÇÃO

5 ferramentas e tecnologias que auxiliam na agricultura de precisão

agricultura de precisao

A agricultura de precisão, ou simplesmente AP, é um termo cada vez mais recorrente na atividade agrícola brasileira. Ela nada mais é do que a aplicação de um conjunto de ferramentas e tecnologias no campo, de forma a possibilitar ao produtor ganhos em produtividade e rentabilidade da sua lavoura.

 

agricultura de precisao

Agricultura de precisão: Mais dados e informações sobre tudo o que acontece com a fazenda. Fonte: Case IH

 

Essa forma de conduzir a agricultura parte do princípio de que a área de produção não é uniforme, ou seja, cada talhão ou partes de um talhão diferem entre si, tanto em produtividade e características do solo (características físicas, químicas, compactação etc), quanto na infestação de ervas daninhas, doenças e pragas.

A agricultura de precisão prioriza um sistema de gerenciamento agrícola que ajuda o produtor a conhecer a variabilidade espacial e temporal da sua unidade produtiva. Para isso, muitas são as ferramentas e tecnologias que levam maior precisão à atividade agrícola.

Você quer conhecer e entender a importância de 5 ferramentas e tecnologias mais recorrentes dentro da agricultura de precisão? Então continue a leitura e saiba mais.

O que é agricultura de precisão?

Desde que foi incorporada na produção brasileira de alimentos, ainda na década de 90, a agricultura de precisão demonstra um grande potencial de aplicação em vários setores, sobretudo na produção de grãos. 

O objetivo do uso das muitas ferramentas de agricultura de precisão (AP) é o de aumentar a eficiência e a sustentabilidade da produção agrícola dos recursos e ambientais. 

Mesmo sendo esse um grande foco da atualidade, a agricultura de precisão não visa, pelo menos em um primeiro momento, o aumento da produtividade da lavoura. Seu objetivo é o de coletar, organizar e gerenciar de forma mais eficiente todas as características da propriedade em que a tecnologia é implantada.

Para melhor entender o que é a agricultura de precisão, Gerson Filippini, gerente de MKT de produto / AFS da Case IH, dá uma explicação bastante simples:

A agricultura de precisão nada mais é que o uso de diversas ferramentas para que o agricultor consiga sempre aumentar a rentabilidade da sua lavoura”.

Dessa forma, a AP é utilizada nas fazendas com o grande objetivo de potencializar a produção de uma porção da fazenda ou da propriedade como um todo. “Cabe à agricultura de precisão gerar maior renda em função de uma estratégia muito mais precisa e assertiva”, completa Filippini.

Na prática, os objetivos da AP estão baseados em:

  • Otimizar o uso de insumos;
  • Aumentar a produtividade agrícola;
  • Melhorar a qualidade do produto e da produção;
  • Tornar as operações mais assertivas e eficientes;
  • Aumentar a lucratividade do sistema produtivo;
  • Minimizar os impactos ambientais.

Ferramentas de agricultura digital que você pode utilizar na sua fazenda

Os conceitos relacionados à Agricultura de Precisão englobam toda uma mentalidade que visa otimizar os manejos das demais operações da cadeia produtiva do agro.

Para isso, a AP envolve a utilização de variadas ferramentas inteligentes que atuam em todas as etapas de um sistema produtivo, do plantio à colheita.

As ferramentas de precisão mais utilizadas nas fazendas são:

1 – Piloto automático

 

agricultura de precisao

Tratores Case IH: Todos possuem piloto automático de última geração: Fonte: Case IH

 

O piloto automático é, dentre as novas tecnologias de AP, uma das ferramentas mais utilizadas, estando presente em praticamente todas as máquinas. Ele foi desenvolvido para minimizar os erros de operação, pois permite guiar o maquinário de forma automática. 

O especialista da Case IH explica que o piloto automático mantém a correta operação de tratores e demais máquinas. 

O piloto automático dá um direcionamento de forma automática da máquina. Com essa ferramenta, o operador não precisará demandar toda sua atenção para guiar a máquina e passa a priorizar mais a qualidade do plantio ou da colheita, que são os fatores que realmente darão resultado para ele”.

 

2 – Tecnologia de aplicação de insumos a taxa variável

Como vimos, a agricultura de precisão mostra ao agricultor, através de dados e informações, que as áreas da fazenda não são uniformes, ou seja, existe variabilidade entre elas. 

Mas, de nada adianta ter essa informação se não existirem máquinas que permitam a aplicação de insumos (nos manejos de irrigação, plantio e fertilização, por exemplo) de forma variável.

Assim, hoje em dia há muitas ferramentas que permitem que o produtor consiga operar sob taxas variáveis.

O plantio de sementes em taxa variável, deposita a quantidade exata de sementes de acordo com o potencial de cada metro daquela área produtiva.

Na Fazenda Conectada Case IH, por exemplo, o uso de máquinas conectadas será fundamental para melhor tomada de decisão quanto aos recursos aplicados. 

Você ainda não sabe o que é a Fazenda Conectada? Então confira o vídeo abaixo e saiba mais sobre este projeto.

 

 

3 – Pulverizadores inteligentes

agricultura de precisao

Pulverizadores Case IH. Alta tecnologia e maior precisão na pulverização. Fonte: Case IH

 

Ainda sobre a aplicação de insumos a taxa variável, a agricultura de precisão já faz uso de pulverizadores ditos inteligentes. 

Com o propósito de tornar a pulverização ainda mais eficiente, Gerson Filippini explica que os pulverizadores mais modernos já permitem a pulverização bico-a-bico. Esse é o exemplo de uma tecnologia exclusiva da Case IH que recebe o nome de AIM COMMAND FLEX.

A aplicação por meio desta tecnologia potencializa ainda mais a aplicação a taxa variável, pois o bico do pulverizador só será aberto quando o equipamento estiver naquele ponto onde há a necessidade de aplicação. Além do mais, essa tecnologia consegue manter a uniformidade da gota com a melhor qualidade de aplicação do mercado”.

A principal vantagem deste sistema é proporcionar a melhor qualidade de pulverização, mantendo o tamanho da gota, independente da velocidade de deslocamento.

 

4 – Drones

agricultura de precisao

Drones geram informação no âmbito da agricultura de precisão. Fonte: Case IH

 

Possivelmente os drones são um dos grandes promotores da inovação dentro da agricultura de precisão. Eles permitem um monitoramento mais preciso de toda a área, coletando informações claras, reais e de forma instantânea, tudo para facilitar a gestão e melhorar a produtividade da lavoura.

No âmbito da agricultura de precisão, o especialista da Case IH ressalta que as imagens geradas pelos drones são excelentes para complementar aquelas obtidas por meio de satélite.

As imagens de satélite ajudam o produtor a ter uma visão geral da sua fazenda, mas caberá ao drone, de forma bem mais localizada, ter uma visão (uma foto) bem mais precisa de qualquer anormalidade identificada pelo satélite, permitindo tomadas de decisão mais assertivas”.

Os drones também permitem a adoção do sensoriamento remoto, monitoramento do sistema de irrigação e acompanhamento da saúde da lavoura. Por isso, são grandes parceiros da agricultura de precisão.

 

5 – AFS Connect – A tecnologia exclusiva da Case IH

Pensando na realidade do produtor e no maior uso de ferramentas de AP, a Case IH investe na melhor tecnologia para que todas as máquinas e necessidades do campo sejam totalmente conectadas, evoluindo os serviços para soluções mais completas.

Com este propósito, a Case IH desenvolveu uma ferramenta integrada de agricultura de precisão: o AFS Connect. Segundo Gerson Filippini, essa ferramenta é baseada em três pilares:

  1. Gerenciamento de dados: que podem ser agronômicos e do funcionamento da própria máquina;
  2. Monitoramento de frotas: que ajuda o produtor a observar o desempenho e performance de suas máquinas, além do acompanhamento da saúde delas como um todo, permitindo significativos ganhos operacionais;
  3. Completa gestão da fazenda: essencialmente para a gestão agronômica, o AFS Connect ajuda o produtor a conferir informações de toda sua fazenda, como falhas de plantio e sobreposição na operação, dando total respaldo à tomada de decisão.

O AFS Connect é um moderno portal de telemetria que, através da conectividade, entrega um ciclo completo de informações, do plantio à colheita da cultura”, completa o especialista da Case IH.

Com o AFS Connect, o produtor terá toda a autonomia necessária para administrar a sua lavoura, seja no trânsito, em casa ou em viagens.

Importante lembrar também que o AFS Connect está alinhado ao que estamos chamando de Agricultura Digital, como ressaltado no bate papo de Eduardo Penha, Diretor de Marketing e Comunicação Case IH América Latina, e Rodrigo Alandia, Diretor de Marketing de Produto Case IH América Latina com o Canal Rural sobre a Fazenda Conectada. Vale a pena assistir.

 

Por fim, com a telemetria funcionando, o produtor terá acesso às máquinas e consegue visualizar de forma prática as inform​ações de monitoramento de frota, gestão agronômica e gerenciamento de dados

Para saber mais sobre agricultura de precisão e agricultura digital não deixe de acompanhar todos os conteúdos no blog da Fazenda Conectada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *